Quinta-feira, 01 de novembro de 2018

CPRM alinha plano de trabalho com Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU

Ao todo são 17 objetivos de desenvolvimento sustentável O Serviço Geológico do Brasil (SGB/CPRM) alinhou as metas estabelecidas no Plano Plurianual (PPA/2016-2019) para a empresa com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) definidos pela Organização das Nações Unidas (ONU). Os ODS são objetivos internacionais que envolvem o meio ambiente, economia e questões humanitárias e que estabelecem ações e prioridades nas políticas públicas mundiais nos próximos 15 anos com o intuito de erradicar a pobreza extrema no mundo.

Ao todo 193 países, incluindo o Brasil, integram o plano de ação global do desenvolvimento sustentável da ONU, onde se encontram os ODS. O intuito é que os líderes mundiais desenvolvam ações para atingir ou ao menos se aproximar dos 17 objetivos e 169 metas estabelecidos. A recomendação da ONU é de que os países, empresas e sociedade como um todo se envolvam com a busca pelo desenvolvimento sustentável e consciente.

Com o intuito de otimizar os esforços brasileiros em atingir os ODSs, a CPRM tem hoje um grupo de trabalho que acompanha a participação da empresa no cumprimento das metas. “Ao alinhar as ações do Plano Plurianual com os ODSs vimos que várias atividades que a CPRM desenvolve já contemplavam os objetivos estabelecidos pela ONU”, afirmou a coordenadora do grupo, Patrícia Jacques.

Ela explica ainda que os objetivos são apoiados no tripé social-econômico-ambiental e que a própria missão da CPRM já contribui para o desenvolvimento sustentável, seja em seus produtos finais ou em ações internas que contemplam sustentabilidade, equidade de gênero, parcerias institucionais etc.


As ações da CPRM
Atualmente todos os ODSs se aproximam das atividades desenvolvidas na Empresa, porém há três objetivos da ONU que mais se destacam no alinhamento das ações do PPA (2016-2019) da CPRM/SGB: 8 - promover o crescimento econômico sustentado, inclusivo e sustentável, emprego pleno e produtivo e trabalho decente para todos; 9 - construir infraestruturas resilientes, promover industrialização inclusiva e sustentável e fomentar a inovação; 12 - assegurar padrões de produção e de consumo sustentáveis.

A elaboração dos mapas geológicos do Programa Novas Fronteiras; os estudos nas áreas de relevante interesse mineral (ARIM); a setorização de riscos geológicos e os monitoramentos dos sistemas hidrológicos são algumas das ações que a CPRM desenvolve e que contemplam estes objetivos direta ou indiretamente. Outros exemplos são: os levantamentos geoquímicos e aerogeofísicos; a ampliação da base de dados do Sistema de Informações de Águas Subterrâneas (SIAGAS) e os estudos de geologia marinha.

Agora, o próximo passo do grupo é elaborar e-books para toda a comunidade interna e externa que mostre as correlações das áreas da CPRM com as metas da ONU com o intuito de incentivar a participação de todos no alcance destes objetivos. Outra ação planejada é a de usar o indicador de “índice de sustentabilidade” no planejamento estratégico, para medir o alinhamento dos projetos com os ODSs. “É fundamental que a gente elabore o próximo Plano Plurianual (2020-2023) tomando como norte o tripé da sustentabilidade”, explicou Patrícia Jacques.

De acordo com ela a adoção dos ODSs como referência para planejar as ações públicas implica não só em um desenvolvimento sustentável como também promove uma melhoria significativa na vida de toda a população.

O GRUPO DE TRABALHO
Atualmente o grupo de trabalho da CPRM é composto por 6 funcionários que representam as diretorias da empresa: Patrícia Jacques, Ana Paula Petito, Lys Matos, Thales Sampaio, Cássio Roberto da Silva e Américo Caiado.

Anna Reis
Assessoria de Comunicação
Serviço Geológico do Brasil - CPRM
asscomdf@cprm.gov.br
(61) 2108-8400
  • Imprimir

© Copyright CPRM 2016-2018. Todos os direitos reservados.