Terça-feira, 14 de março de 2017

CPRM coordena recuperação ambiental da Bacia carbonífera de Santa Catarina

 O projeto está recuperando áreas degradas pela exploração de carvão em Santa Catariana O projeto pioneiro coordenado pelo Serviço Geológico do Brasil (CPRM) em parceria com o Ministério Público Federal, Ministério do Meio Ambiente e Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM) busca revitalizar 1.200 hectares de áreas degradas pela exploração de carvão a céu aberto e minas subterrâneas na região de Criciúma, que estão sob a responsabilidade da União. Até 2020 serão investidos cerca de R$ 350 milhões em obras de drenagem, terraplanagem, isolamento de rejeitos e reflorestamento com o plantio de espécies nativas da Mata Atlântica.

O diretor de Hidrologia e Gestão Territorial, Stenio Petrovich, esteve em Criciúma para acompanhar o trabalho e também participar de reunião do Grupo Técnico de Assessoramento (GTA), que reúne diversos representantes de diversos órgãos governamentais, que acompanham e fiscalizam a execução do trabalho.

Na ocasião, eles visitaram áreas em recuperação nos municípios de Treviso e Siderópolis. A visita técnica foi conduzida pelos profissionais da CPRM, que atuam no Núcleo de Criciúma, encarregados pela coordenação do processo de recuperação das áreas de degradadas sob a responsabilidade da União. Entre eles, o coordenador executivo do Departamento Gestão Territorial (Deget), Marlon Hoelzel, a chefe do Núcleo de Criciúma, Angela Bellettini e o engenheiro ambiental Albert Teixeira.

Também estiveram presentes a diretora do Departamento de Qualidade Ambiental e Gestão de Resíduos da Secretaria de Recursos Hídricos e Qualidade Ambiental do MMA, Zilda Veloso, a analista ambiental do Ibama e integrante do Grupo Técnico de Assessoramento para a Ação Civil Pública do Carvão, Tatiana Zanette e o engenheiro químico da DNPM, Plinio Moreira.

A primeira área de 42 hectares já foi concluída e outras duas áreas estão em andamento, uma com obras iniciadas e outra em processo de licitação.

Assessoria de Comunicação
Serviço Geológico do Brasil - CPRM
asscomdf@cprm.gov.br
(61) 2108-8400

© Copyright CPRM 2016. Todos os direitos reservados.