Quarta-feira, 09 de maio de 2018

CPRM dá início ao levantamento geoquímico do Projeto Noroeste de Rondônia

O Serviço Geológico do Brasil (CPRM) iniciou o trabalho de campo do Projeto Novas Fronteiras Noroeste de Rondônia. As atividades deram início com levantamentos de geoquímica prospectiva de superfície, coleta de amostras de sedimento de corrente e concentrado de bateia em leito ativo de drenagens.

Os trabalhos se dão em quatro Folhas 1:100.000 e atuam nos seguintes locais: Abunã, Mutum Paraná, Vila Murtinho e Igarapé Água Azul. A região é de difícil acesso e logística, com poucas estradas pavimentadas, além de cidades para serem usadas como base pela equipe. “Esta etapa de campo cria condições de um reconhecimento geológico e geoquímico prévio da área do projeto com geração de informações geológicas e de mapas geoquímicos e mineralométricos que darão suporte junto com outras ferramentas às atividades de mapeamento geológico”, explica o chefe da Divisão de Geoquímica, Cassiano Castro.

Castro reforça que o período em campo ainda proporciona a interação entre colaboradores de unidades regionais distintas que atuam na região amazônica, promovendo assim uma maior troca de informações e experiências entre as equipes que atuam em ambientes semelhantes. O objetivo é trazer cada vez mais qualidade aos produtos, fortalecendo e ampliando os levantamentos realizados pela Divisão de Geoquímica. Participaram desse trabalho de campo: o pesquisador em geociências da Divisão de Geoquímica Wilson Lopes de Oliveira Neto e os técnicos em geologia e mineração Aline da Silva Prado, Flávio Fernandes Faleiro e Pedro Ricardo Soares Bispo.

 Pesquisadores coletam amostra de concentrado de bateia em igarapé Assessoria de Comunicação
Serviço Geológico do Brasil - CPRM
asscomdf@cprm.gov.br
(61) 2108-8400

© Copyright CPRM 2016-2018. Todos os direitos reservados.