Terça-feira, 09 de maio de 2017

CPRM lança Informe de Recursos Minerais sobre Área Seridó-Leste, extremo nordeste da Província Borborema (RN-PB)

  Os dados apresentados no estudo fazem parte do projeto Metalogenia das Províncias Minerais do Brasil: área entre Rio Grande do Norte e Paraíba, bloco formado por 10 folhas na escala 1:100.000 perfazendo uma área de 30.000km² (Bloco Seridó Leste), selecionadas em virtude de apresentarem potencial para mineralizações de tungstênio (scheelita), molibdênio (molibdenita), ferro, ouro e cobre (sulfetos).

O estudo está inserido na Província Mineral do Seridó (W-Mo-Au-Fe-Cu-Bi-ETR) e abrange também o distrito de Serra Caiada (Au-Fe-Ni). Entre os principais resultados alcançados destacam-se a confecção e publicação dos mapas geológicos e recursos minerais e de associações tectônicas desse bloco com destaque para as principais minas, garimpos e ocorrências.

A iniciativa faz parta da estratégia do Serviço Geológico do Brasil (CPRM) em avançar o conhecimento em Áreas de Relevante Interesse Mineral do país. “A área Seridó Leste, no Estado do Rio Grande do Norte e Paraíba, foi selecionada em virtude da vocação mineira histórica da Província Mineral do Seridó para tungstênio, molibdênio, ouro, cobre, ferro, tântalo e nióbio, e da recente descoberta de rochas de idades arqueanas com mineralizações associadas de Au e Fe. Além disso, essa publicação tenta ser o início do preenchimento de uma lacuna existente na área metalogenética dessa porção da Província Borborema, à medida que, além de disponibilizar uma carta geológica, também fornece uma carta de Recursos Minerais e Associações Tectônicas, ambas em escala 1:250.000”, destaca o diretor-presidente Eduardo Ledsham.

Clique aqui e faça o download do Informe.

Assessoria de Comunicação
Serviço Geológico do Brasil - CPRM
asscomdf@cprm.gov.br
(61) 2108-8400

© Copyright CPRM 2016. Todos os direitos reservados.