Segunda-feira, 08 de julho de 2019

Conheça RockPlot, uma solução para estudos em petrologia ígnea

Elias Martins Guerra, criador da RockPlot Aplicativo desenvolvido pelo pesquisador do Centro de Desenvolvimento Tecnológico (CEDES) do Serviço Geológico do Brasil (CPRM) Elias Martins Guerra Prado, inova ao disponibilizar na internet ferramentas que auxiliam estudos e pesquisas em petrologia ígnea. O aplicativo RockPlot está disponível em versão beta desde abril deste ano. Desenvolvido com interface amigável, RockPlot agiliza o tratamento estatístico de análises químicas de rocha total e facilita a confecção de diagramas utilizados nos estudos de petrologia ígnea.

A petrologia é a área das geociências que estuda as rochas, sua ocorrência, composição, origem e evolução. O estudo das rochas magmáticas ou ígneas, isto é, das rochas geradas pelo resfriamento e solidificação do magma ou lava, é chamado de petrologia ígnea. O estudo das rochas ígneas é de extrema importância para a compreensão dos processos geológicos. As características químicas e mineralógicas destas rochas são geralmente exclusivas de ambientes tectônicos específicos, permitindo reconstruções tectônicas. O estudo dos minerais e da composição química destas rochas fornece informações sobre a composição do manto, camada da estrutura da Terra que se estende desde cerca de 30 km de profundidade até aos 2900 km abaixo da superfície, onde o magma que origina algumas rochas ígneas e os fluidos que transportam metais preciosos são extraídos. Além disso, depósitos minerais importantes são hospedados por rochas ígneas, como depósitos de cromo, platina, níquel, tungstênio, estanho e uranio.

Atualmente, as ferramentas disponíveis no mercado para o estudo de rochas ígneas são limitadas. A maioria dos softwares disponíveis são desenvolvidos com tecnologias antigas, e não incorporam métodos modernos para o tratamento de dados. O RockPlot foi projetado para ser utilizado por meio da internet. Desenvolvido utilizando tecnologias modernas de programação, o aplicativo pode ser utilizado em qualquer sistema operacional e dispensa sua instalação no computador do usuário. A versão atual conta com rotinas que automatizam o pré-processamento dos dados e o cálculo de variáveis estatísticas. No aplicativo também já é possível confeccionar os diagramas mais utilizadas nos estudos de petrologia ígnea.

“O aplicativo auxiliará os pesquisadores nos estudos de petrologia, facilitando o processamento e análise dos dados. Todos os projetos de mapeamento geológico do Serviço Geológico do Brasil coletam dados geoquímicos de rocha para realizar estudos de petrologia ígnea. O RockPlot foi criado com intuito de tornar o tratamento e a análise destes dados mais simples e amigável”, afirma Elias Martins Guerra Prado.

Pretende-se ainda inserir no RockPlot, que está em constante desenvolvimento, recursos para análise estatística espacial e visualização de dados em mapas. Bem como algoritmos de aprendizado de máquina.

Acesse rockplot.herokuapp.com. O aplicativo está em inglês e conta com diversos tutoriais. Faça seu cadastro.

Gustavo Santos
Assessoria de Comunicação
Serviço Geológico do Brasil (CPRM)
gustavo.santos@cprm.gov.br
(61) 2108-8400
  • Imprimir

© Copyright CPRM 2016-2019. Todos os direitos reservados.