Quinta-feira, 08 de dezembro de 2011

Thales Sampaio e equipe do Serviço Geológico visitam áreas de risco em Ouro Preto

Com o objetivo de acompanhar os trabalhos que estão sendo desenvolvidos em áreas suscetíveis a riscos em Ouro Preto, semana passada (10/12), o diretor de Hidrologia e Gestão Territorial (DHT) do Serviço Geológico do Brasil (CPRM), Thales Sampaio, participou de uma visita técnica na cidade, onde observou a execução do projeto nas áreas da parte superior do Morro de Santana, região do Alto da Cruz, Piedade, e Alto das Dores. Além destas áreas, o projeto de mapeamento inclui os bairros de Santa Cruz, São Francisco e Perimetal.

 Área com suscetibilidade de deslizamento no morro Santana

 Mapeamento

Coordenado pelo geólogo Jorge Pimentel, do Departamento de Gestão Territorial da CPRM, o mapeamento de risco em Ouro Preto faz parte de trabalhos emergenciais iniciados no dia 7/11, para fornecer dados ao Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), inaugurado recentemente em Cachoeira Paulista (SP). Ouro Preto é uma das primeiras entre 24 cidades a receber uma equipe da CPRM para a realização do mapeamento.

 

O levantamento de áreas de susceptibilidade irá abastecer o banco de dados do Cemaden, baseado em uma metodologia lógico dedutiva, com produtos no formato do Sistema de Informações Geográficas (SIG), tendo por base o registro de processos naturais como deslizamentos, queda de blocos, enchentes, alagamentos, ou amplificados em função da intervenção humana (crescimento desordenado das cidades), atuantes na região ou que já ocorreram. Para o direcionamento dos trabalhos de forma a identificar as áreas de risco, é de fundamental importância o apoio da Defesa Civil.  Sobreira, Elisa Reis, Thales Sampaio, Andrea Fregolente, Bruno Eldorf, Luiz Felipe Ladeira, Andreá Trevisol e Marcio Candido  

 

Participaram da visita técnica o diretor Thales Sampaio, o gerente de Hidrologia e Gestão Territorial da Superintendência Regional de Belo Horizonte (Sureg-BH) Márcio Cândido, o consultor da CPRM, professor Frederico Garcia Sobreira, da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), a técnica da Defesa Civil, Elisa Reis, e os técnicos da CPRM, Andreá Trevisol da SUREG-BH, Andrea Fregolente da SUREG-SP, Bruno Elldorf da Residência de Teresina (Rete) e Luiz Felipe Ladeira da SUREG-MA.

  • Imprimir

© Copyright CPRM 2016-2019. Todos os direitos reservados.