Terça-feira, 11 de junho de 2019

Trabalhos apresentados pela CPRM ganham destaque no 15º Simpósio de Aplicações Isotópicas na Hidrologia

 Diretor DHT Bacelar em frente ao pôster com parte dos autores técnicos (Roberto Kirchheim, Andrea Franzini e Veridiana Martins)
O Serviço Geológico do Brasil (CPRM) se fez presente no 15º Simpósio de Aplicações Isotópicas na Hidrologia organizado pela Agência Internacional de Energia Atômica, ocorrido em Viena-Áustria entre os dias 20 a 24/05. Trata-se do encontro técnico mais importante do mundo e que congrega pesquisadores e instituições de vanguarda e liderança no tema. O diretor do Departamento de Hidrologia e Gestão Territorial (DHT) Antônio Bacelar comandou a delegação da CPRM composta pelos hidrogeólogos Roberto Kirchheim e Andrea Franzini em diversas atividades técnicas e diplomáticas. Leia as demais notícias sobre o simpósio aqui e aqui

Foram selecionados três trabalhos técnicos da CPRM, sendo dois deles na forma de posters. O trabalho denominado “The New GNIP Network in Brazil: An Example of Sound Institutional Arrangements” (Andrea Franzini et al, 2019) foi realizado em parceria com técnicos da ANA (Agência Nacional de Águas), colegas da USP (Pesquisadora Veridiana Martins na foto), UNESP, CDTN em cooperação com responsáveis pela Rede GNIP (Rede Mundial de Monitoramento Isotópico da Chuva) na AIEA. Esta iniciativa da CPRM foi muito elogiada por toda a comunidade científica internacional dada a importância do Brasil em termos climáticos e de recursos hídricos no contexto global. Trata-se de uma iniciativa que vem tendo sucesso por conta da do apoio das gerências regionais e do comprometimento individual dos técnicos da empresa responsáveis por cada uma das GNIP´s instaladas no país.

 Diretor DHT Antônio Bacelar e Andrea Franzini em frente ao pôster sobre a rede GNIP logo na entrada do salão principal do evento ilustrando as estações instaladas pela CPRM no Brasil com destaque ilustrativo para a GNIP de Porto Alegre
O destaque ao trabalho da CPRM foi reconhecido no painel sobre as GNIP´s instalado em frente ao salão principal do evento. Além do posicionamento do mapa de todas as 10 GNIP´s em operação instaladas pela CPRM entre 2017 e 2018, há um destaque pictórico para a GNIP de Porto Alegre (técnicos GEHITE-POA Rejane Bao e Luciano Trasel).

O trabalho denominado “Isotope Assements in the SAG, Brazil: From Stable Isotopes to Noble Gases” foi apresentado na sessão principal do evento em forma oral com direito a arguições por parte dos presentes. Desta forma a CPRM ocupou assento na mesa principal nesta sessão do evento. A apresentação em forma de live stream Está acessível em: http://streaming.iaea.org/21095 (Resume Session 3 / início em 3:10:53)

 Composição da mesa principal da sessão de Datação Isotópica no Evento da AIEA com apresentação oral da CPRM (Roberto Kirchheim)
O trabalho da CPRM denominado “The Infuence of the South Atlantic Convergence Zone upon Groundwater Levels and Isotope Ratios in the Bauru and Guarani Aquifer Systems in the Southerneast Region of Brazil” (Guilherme Santos et al., 2019) ilustra uma abordagem integrada entre dados isotópicos, hidrológicos e dados do RIMAS e que resulta em melhor entendimento dos processos de recarga na região de estudo. O referido despertou interesse da comunidade científica e instituições análogas à CPRM.

 Andrea Franzini em plena arguição técnica na sessão de pôster
Esta participação da CPRM através da presença técnica e de seu Diretor DHT Antônio Bacelar marca um período de intensificação dos apoios institucionais mútuos entre CPRM e AIEA e da posição de vanguarda e destaque técnico no âmbito continental. A formalização da designação da CPRM como Centro Colaborativo para a difusão de técnicas isotópicas na hidrologia abre profícuos caminhos onde se destaca a possibilidade de capacitação técnica em isotopia e modelagem aos técnicos da CPRM.


Letícia Peixoto
Assessoria de Comunicação
Serviço Geológico do Brasil - CPRM
asscomdf@cprm.gov.br
(61) 2108-8400
  • Imprimir

© Copyright CPRM 2016-2019. Todos os direitos reservados.