Alberto Riberio Lamego

Alberto Ribeiro Lamego nasceu em 1896 na cidade de Campos dos Goytacazes. Ainda criança foi viver em Portugal e em 1910 sua família muda-se para a Bélgica. Em 1913 matricula-se no Curso de Engenharia, Artes, Manufatura e Minas da Universidade de Louvain, em Bruxelas.

Nessa época, face à iminente invasão da Bélgica pelos alemães, seus pais passam a ajudar refugiados e a defender a autonomia belga, fato que levou o rei Alberto a agraciar seu pai com uma condecoração.

Muda-se para Londres e em 1914 matricula-se na Royal School of Mines, do Imperial College of Sciences and Tecnology, graduando-se em 1918. Regressa ao Brasil em 1920 e nesse mesmo ano é admitido no Serviço Geológico e Mineralógico do Brasil.

Em 1924 afasta-se temporariamente do Serviço Geológico, regressando ao mesmo em 1933.

Nesse período escreveu as quatro obras sociogeográficas da série "O Homem e o Meio Ambiente", enfocando a geologia do Rio de Janeiro, as escarpas da Guanabara e a geologia de Campos e da planície costeira.

Alberto Ribeiro Lamego possui inúmeros trabalhos sobre a geologia e os recursos minerais do Estado do Rio de Janeiro e do Brasil, com uma produção científica dificilmente atingida por outros autores.

Entre 1944 e 1963 publica quatro obras-primas de cunho geográfico, histórico, ecológico e social: "O Homem e o Brejo", "O Homem e a Restinga", "O Homem e a Guanabara" e "O Homem e a Serra".

Publica, em 1944, "A Bacia de Campos na Geologia Litorânea do Petróleo", prevendo o potencial petrolífero da área. Em 1948 apresenta a Folha Geológica do Rio de Janeiro na escala 1:100.000, primeira quadrícula publicada no estado.

Foi um dos pioneiros da utilização da fotointerpretação como ferramenta para o mapeamento geológico no Brasil. Durante 20 anos faz parte da Comissão da Carta Geológica do Mundo, tendo publicado em 1964 o primeiro mapa geológico da América do Sul feito por sul-americanos.

Por seus trabalhos recebe inúmeras homenagens: denominações de diversas espécies fósseis, muitas medalhas e condecorações.

Em 1985, morre Alberto Ribeiro Lamego, poeta, músico e grande pesquisador da terra fluminense.


Fonte
http://www.apgrj.org.br/

© Copyright CPRM 2016. Todos os direitos reservados.