Quinta-feira, 11 de agosto de 2022

SUREG-Recife é sede para treinamento sobre Gestão Patrimonial do SGB-CPRM

Representantes de diversas Unidades Regionais do SGB-CPRM participam de treinamento sobre  Gestão Patrimonial, na SUREG-RE

A Superintendência Regional do Recife (SUREG-RE) sediou, entre os dias 3 e 5 de agosto, um treinamento presencial com os presidentes das Comissões de Inventário das Unidades Regionais do Serviço Geológico do Brasil (SGB-CPRM), como parte do Inventário Geral de Bens Patrimoniais (IGBP) de 2022.

O grupo de trabalho foi composto por 16 representantes vindos das diversas Unidades Regionais do SGB-CPRM, e teve como objetivo alinhar as novas diretrizes da área de Gestão de Patrimônio da Companhia. “É importante ter essa coesão tanto de conhecimento como de procedimentos, assim como na troca de informações, para que possamos superar os obstáculos que surgirão ao longo do percurso”, afirmou Alexandre Morais, chefe do Departamento de Administração de Materiais e Patrimônio (DEAMP), ao dar início ao evento.

O treinamento contou com módulos teóricos e práticos, e foi conduzido por Leonardo Siqueira, chefe da Divisão de Patrimônio (DIPATI), que explicou: “de forma geral, buscamos a modernização da Gestão Patrimonial dentro da empresa, e essa modernização passa por algumas etapas, dentre elas o Inventário Geral, que deve ser realizado anualmente. O curso foi muito importante porque possibilitou que houvesse um espaço com os presidentes de Comissões para que se debatesse gestão patrimonial e, também, para que orientações gerais fossem dadas para a realização do Inventário Geral. Isso está na linha das diretrizes estratégicas da Diretoria, no sentido do aperfeiçoamento da gestão patrimonial no SGB-CPRM”.

Adriano Santos, superintendente Regional de Recife, ressaltou a pertinência de um treinamento nesses moldes. “Foi importante ver acontecer e ter contribuído com a realização do treinamento para os presidentes das Comissões de Inventário de 2022. A excelente preparação da equipe, realizada agora pelo DIPATI/DEAMP, é a exata demonstração de que a gestão de patrimônio seja elevada a um novo patamar no SGB”.

Após o treinamento presencial em Recife, os membros das Comissões de Inventário das Unidades Regionais puderam participar de um treinamento virtual nos dias 8 e 9 de agosto, para disseminação do conteúdo previamente aprendido.

O INVENTÁRIO GERAL

O Inventário Geral de Bens Patrimoniais (IGBP) é uma ação institucional anual voltada ao controle patrimonial do SGB. Sua etapa inicial parte da chamada Autoconformidade Patrimonial, que consiste na realização do inventário dos bens cadastrados na matrícula de cada funcionário - a chamada “carga patrimonial”. Em 2022, o Inventário passou a ser um procedimento obrigatório a todos os empregados do SGB, conforme a Resolução Nº 11, de 13 de maio de 2022, que define que a não realização do procedimento sujeitará o empregado à apuração de responsabilidade e às sanções aplicáveis. O Inventário também passou a ser incluído na Meta GDAG deste ano.

Colaborador: Clayton Galvão / GERINF-RE

Asscom, com colaboração da GERINF-RE
Assessoria de Comunicação
Serviço Geológico do Brasil - CPRM
Ministério de Minas e Energia
imprensa@cprm.gov.br
  • Imprimir