Quarta-feira, 09 de junho de 2021

Serviço Geológico do Brasil lança catálogo de produtos da diretoria de Geologia e Recursos Minerais

Material detalha atividades da DGM em 2020: foram publicados 40 mapas geológicos e 23 mapas geológico-geofísicos

Em meio às comemorações da Semana da Geologia, o Serviço Geológico do Brasil (SGM-CPRM), empresa pública ligada ao Ministério de Minas e Energia, lançou o catálogo de produtos da Diretoria de Geologia e Recursos Minerais (DGM). O material detalha todas as atividades de campo e trabalhos desenvolvidos no ano de 2020, quando foram publicados 40 mapas geológicos e 23 mapas geológico-geofísicos nas escalas 1:250.000, 1:100.000, 1:50.000 e 1:25.000, todos resultantes de levantamentos realizados em 12 projetos distintos.

O evento de lançamento foi uma transmissão ao vivo no canal do youtube TV CPRM e no Facebook da empresa, mediado pela editora do site In The Mine, Tebis Oliveira. O lançamento contou com a participação de personalidades como o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, o diretor-presidente do SGB- CPRM, Esteves Colnago, o diretor de Geologia e Recursos Minerais, Marcio Remédio, o secretário de Geologia do MME, Alexandre Vidigal, o diretor-geral da ANM, Victor Bicca e o diretor-geral do IBRAM, Flavio Penido.

Lançamento do Catálogo de Geologia e Recursos Minerais foi prestigiado por lideranças representativas do setor mineral
Além de apresentar o novo Catálogo de Produtos da DGM, também teve o objetivo de analisar os serviços que vêm sendo desenvolvidos em todo o setor de geologia e recursos minerais. Também foram discutidos os possíveis cenários para o futuro.

De acordo com o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, o lançamento deste catálogo poderá servir de base para o crescimento do setor mineral do Brasil. “Estou honrado em acompanhar esse lançamento tão importante. O SGB/CPRM é parte importante do segmento mineral e tem se empenhado para escrever um novo capítulo nessa área”, afirmou.

Seguindo a intenção de gerar benefícios que possam trazer frutos para todo o país, o diretor-presidente do SGB/CPRM, Esteves Colnago, explicou que o maior objetivo dos trabalhos e dessa disponibilização de dados é poder difundir um conhecimento mais aprofundado de todo o setor mineral. “Nosso desejo nesta oportunidade é difundir um grande acervo de atividades da DGM, no intuito de fomentar o desenvolvimento sustentável do Brasil. Temos muita satisfação em oferecer à sociedade esses produtos e apresentar todas as atividades do SGB/CPRM na área”, disse o presidente.
“Esse catálogo é uma importante prestação de contas para a sociedade brasileira, além de facilitar o acesso a diversas informações em um único produto.”, afirmou o diretor de Geologia e Recursos Minerais do SGB-CPRM, Marcio Remédio. Acrescentando à ideia central do SGB, de poder contribuir com a divulgação de estudos e material para pesquisas, o diretor acrescentou que o conteúdo do catálogo certamente irá contribuir significativamente para o desenvolvimento do setor mineral.

Permitir o acesso à informação de maneira clara e simples é uma das melhores maneiras de dar continuidade aos planos de desenvolvimento. Segundo o diretor-geral da Agência Nacional de Mineração (ANM), Victor Bicca, o projeto poderá colaborar para suprir as dificuldades na área de recursos minerais, que está caminhando para o cenário ideal. “Essa divulgação de dados vai materializar, de uma forma tecnológica e atual, uma forma de possibilitar que a sociedade tome conhecimento de todas as ações do Serviço Geológico do Brasil”, explicou o diretor.

O potencial mineral do Brasil é reconhecido internacionalmente já há algum tempo. Porém, como explicou o diretor do Instituto Brasileiro de Mineração (IBRAM) Flavio Penido, há uma necessidade urgente de estimular projetos voltados para a área de mineração. Segundo ele, o Brasil possui elementos de sobra para se tornar autossuficiente e independente de recursos, dispondo da necessidade de importação. “A importância de fomentar o aumento de projetos minerais é, primeiramente, tornar o Brasil autossuficiente em produtos minerais. O Brasil é um país conhecido como o celeiro do mundo de recursos minerais. Não podemos aceitar esse patamar altíssimo de importação de produtos”, alegou o diretor.

O secretário de Minas e Energia, Alexandre Vidigal, acrescentou que há muito o que crescer na área de mineração e mapeamento geológico “Contamos com profissionais extremamente qualificados no Serviço Geológico do Brasil, que certamente irão avançar muito no setor, caso tenham a possibilidade e os recursos necessários”, acrescentou. O secretário ainda ressaltou que o Tribunal de Contas da União (TCU) reconheceu, recentemente, absoluta regularidade a todos os leilões que estão sendo executados pelo SGB-CPRM, por decisão unânime.

O evento teve duração de aproximadamente 1h30min e foi transmitido de maneira remota, onde os participantes respondiam às questões apresentadas pela mediadora. A gravação está
disponível na íntegra para quem tiver interesse.

Janis Morais
Pedro Martins
Bettina Gehm

Assessoria de Comunicação
Serviço Geológico do Brasil (SGB-CPRM)
Ministério de Minas e Energia
imprensa@cprm.gov.br



  • Imprimir