Geodinâmica

O Brasil apresenta uma configuração geotectônica complexa e diversificada, com a presença de compartimentos como cratons, rifts, orógenos acrecionários, intracontinentais e colisionais, LIPs e bacias intracontinentais, dentre outros.

Tais compartimentos foram estruturados como decorrência da dinâmica interior do planeta, expressa por movimentações de placas e impactos de plumas na base da litosfera. Modernamente, tais processos são estudados de forma interdisciplinar, envolvendo vários ramos das geociências – como geofísica, petrologia, geoquímica, geologia isotópica e tectônica –, agrupados no que se denomina geodinâmica.

O principal objetivo da Divisão de Geodinâmica – DIGEOD é melhor caracterizar os diversos compartimentos geotectônicos da plataforma brasileira. Adicionalmente, tem como atribuição coordenar e viabilizar, do ponto de vista laboratorial, todas as ações referentes à isotopia, geocronologia e estudos petrológicos avançados da Diretoria de Geologia e Recursos Minerais – DGM.

Confira os procedimentos para amostragem e seleção de métodos geocronológicos em Guia de Procedimentos do SGB para Amostragem e Seleção de Métodos Geocronológicos Aplicados ao Mapeamento Regional.



Contato e Informações:
Joseneusa Brilhante Rodrigues
Chefe da Divisão de Geodinâmica - DIGEOD
E-mail: joseneusa.rodrigues@cprm.gov.br

© Copyright CPRM 2016. Todos os direitos reservados.