Terça-feira, 09 de outubro de 2018

Rede Ametista realiza III Encontro Nacional de Bibliotecários da CPRM

Equipe da rede de bibliotecas Ametista em visita à biblioteca regional de Goiânia Para além do campo das ideias e dos debates em prol de mudanças significativas, os bibliotecários de todas as unidades regionais do Serviço Geológico do Brasil (CPRM) se reuniram entre os dias 24 e 28 de setembro, em Goiânia (GO), para estabelecer ações a serem concretizadas que visam a melhoria da Rede Ametista.

Entre elas, destacam-se: Apresentação da proposta de reestruturação das bibliotecas no organograma da empresa; propor a licença Creative Commons a ser adotada na instituição; elaborar uma minuta das questões relacionadas ao direito autoral para os chefes de divisão e departamento; e atuar junto à Consultoria Jurídica (COJUR) na proposta de adoção de termo de cessão de direitos autorais. Outra novidade a ser implementada é o software Pergamum, um sistema integrado de bibliotecas com a finalidade de promover o intercâmbio de publicações científicas.

Segundo Roberta Silva chefe da Divisão de Documentação Técnica (DIDOTE), a identificação de pontos de melhoria permitirá uma melhor definição de fluxo de trabalho desde a demanda recebida pelas áreas técnicas até a entrega dos produtos e serviços para sociedade.

As novas propostas já vinham sendo amplamente discutidas por videoconferências pelos analistas em Geociências. Tal fato possibilitou que esta edição do Encontro fosse mais produtiva e eficiente.

De acordo com o diretor de Geologia e Recursos Minerais (DGM) José Leonardo Andriotti, as bibliotecas possuem um papel vital para os trabalhos da DGM, inclusive em relação às publicações digitais. “A gente está lutando para aproximar cada vez mais as equipes técnicas da DGM com os profissionais da Diretoria de Infraestrutura Geocientífica (DIG). Não só no sentido de aproximar, mas de colaborar. O importante é que tudo isso que a gente está fazendo é tentando fortalecer a empresa”, afirmou Andriotti.

Andriotti durante apresentação do trabalho da DGM aos bibliotecários “Inspirando o futuro” foi o tema da palestra ministrada por Edgar Shinzato chefe do Departamento de Informações Institucionais (DEINF), que destacou a transformação que a DEINF está passando, assim como a necessidade do departamento de adaptar-se e modernizar-se para assumir novos desafios e conseguir atender as antigas e novas demandas, visando ser cada vez mais útil para a sociedade.

Estiveram presentes na abertura do evento o diretor da DIG Fernando de Carvalho, o superintendente regional de Goiânia Gilmar Rizzotto, a gerente de infraestrutura geocientífica (GEINF) de Goiânia Sheila Knust, os supervisores da GEINF Goiânia Cristiane de Lima Pereira e Wiliam Ribeiro de Pádua, Fábio da Costa da Divisão de Cartografia, Roberta Silva chefe da DIDOTE e Shalom Fernandes coordenador executivo da DEINF em Goiânia.

A apresentação da pesquisadora em geociências Sheila Knust abordou o “Fluxo da produção institucional na SUREG Goiânia: um estudo de caso”, evidenciando a renovação da editoração na unidade regional por intermédio da elaboração de um fluxo da editoração e um service desk para a cartografia, onde todo o processo é documentado, demonstrando a importância de organizar e da criação de padrões.

Já as analistas em geociências Gabriela Leitão (DF), Maria Gasparina (GO), Dalvanise Bezzerril (RE), Nelma Ribeiro (BE), Roberta Silva (RJ), Giovania Freire (FO) e Maria Madalena (MG) falaram sobre normalização de produtos da CPRM de fins textuais e cartográficos. Dentro do contexto institucional ficou evidente a necessidade de organizar o fluxo editorial, realizar a sensibilização e treinamento dos autores quanto às questões de normalização, além da necessidade de um conselho editorial para que se possa fazer com mais qualidade e agilidade os produtos da empresa.

Edgar Shinzato, Dalvanise Bezzerril, Fernando Carvalho, Sonja Henie e Roberta Silva "O III Encontro da Rede Ametista veio fortalecer as iniciativas dos encontros anteriores. O sucesso do evento coube a um somatório de esforços envolvendo diretores, gestores, funcionários da unidade regional de Goiânia e membros da rede Ametista no seu planejamento e execução. Aconteceu num clima de muita parceria. Foi uma alegria, pertencer à SUREG-GO, anfitriã deste evento", ponderou a bibliotecária Maria Gasparina.

Gabriela Leitão gestora da biblioteca na Sede, em Brasília, avaliou o encontro como extremamente satisfatório. “Para mim foi uma oportunidade de maior integração entre os participantes da Rede Ametista, em que discutimos as atividades que desenvolvemos, além de tomarmos decisões para os caminhos e ações futuras da Rede”, destacou Gabriela.

Confira a galeria de fotos clicando aqui.

As 13 bibliotecas da CPRM são abertas ao público. O acervo físico e digital da Rede Ametista é composto por livros, periódicos, dissertações, teses, relatórios, mapotecas, relatórios técnicos entre outros produtos.
Saiba onde elas estão localizadas, clique aqui!

Texto: Pedro Henrique Santos
Colaboração: Roberta Silva, Maria Gasparina e Claudia Lopes
Assessoria de Comunicação
Serviço Geológico do Brasil - CPRM
asscomdf@cprm.gov.br
(61) 2108-8400

© Copyright CPRM 2016-2018. Todos os direitos reservados.