Quinta-feira, 07 de junho de 2018

Serviço Geológico do Brasil inicia levantamento geoquímico do Projeto Contendas-Macajuba

 Diferentes situações de coleta de sedimento de corrente e concentrado de bateia O Serviço Geológico do Brasil (CPRM) deu início ao levantamento geoquímico do projeto Contendas-Macajuba. Desenvolvido na porção central do Estado da Bahia, contempla áreas que carecem de cartografia geológica básica em escala regional. Devido à importância como subsídio ao conhecimento geológico e do potencial mineral da região, o projeto priorizou o levantamento geoquímico regional, ampliando orçamento da atividade.

O trabalho de campo do projeto foi iniciado com o levantamento geoquímico de superfície entre os dias 02 e 26/05, com a coleta de amostras de sedimento de corrente e concentrado de bateia em leito ativo de drenagens em mais de quatrocentas estações de amostragem distribuídas numa área de cerca de 9.000 km², equivalente a mais de 60% do programado.

A campanha de campo, organizada pela pesquisadora em geociências da Divisão de Geoquímica Caroline Couto Santos, contou com a participação dos pesquisadores Douglas Almeida Silveira, Felipe Rocha Abreu e Silvana de Carvalho Melo. Os técnicos em geociências Gersonita Miranda Monteiro, Francisco das Chagas e Almir Gomes Freire, além do auxiliar em geociências Amilton de Amorim Benício, deram suporte aos pesquisadores durante as coletas.

 Equipe de pesquisadores e técnicos que participaram da etapa de campo Segundo o Chefe da Divisão de Geoquímica, Cassiano Castro, esta campanha de campo teve dentre os seus objetivos, a uniformização de procedimentos de coleta de amostras geoquímicas no semiárido brasileiro. Pela primeira vez os quatro geoquímicos que trabalham no Nordeste Brasileiro trabalharam juntos em uma mesma etapa de campo.

Vale ainda destacar a participação de Cassiano Castro durante a primeira semana demostrando em campo os melhores locais de coleta de sedimento de corrente, concentrados de bateia e materiais geológicos, como pegmatitos e possíveis veios de quartzo mineralizados.

Localização das estações de amostragem na nova plataforma da Esri O chefe da Divisão de geoquímica, Cassiano Castro, demonstra aos auxiliares de campo como é realizado o processo de bateamento Assessoria de Comunicação
Serviço Geológico do Brasil - CPRM
asscomdf@cprm.gov.br
(61) 2108-8400

© Copyright CPRM 2016. Todos os direitos reservados.